Asafe teve problema com o décimo

 

desconfiado1

Viver de forma reta e digna é muito difícil. Está complicado ser o mais honesto possível, assim como é muito improvável passar pela vida sem cometer nem ao menos um errinho sequer. Claro, não dá!

Todos erramos, e advirto que se você não errou hoje, errará em breve. E vou além, se você reconhece que acabou de errar, prepare-se, em breve errará de novo, pode não ser o mesmo erro ou, pode ser errar tentando fazer o que deu errado na vez passada. Vivemos errando em novidades assim como tentando acertar e encontrar novas oportunidades para nossa vida.

O erro é uma ação cotidiana. O nosso senso de justiça deformada, a nossa moral desgastada e a nossa vontade egoísta, nos fazem errar em atitudes simples. O cotidiano errôneo nos dá uma idéia de quanto errado nossas ações são.

Mas calma, não é por conta disso que você deve se desesperar, ao contrário, o erro te faz tão humano quanto os outros. Todos nós erramos e, erraremos para sempre.

pois todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus
Romanos 3:23

Na cosmovisão cristã, cometer um erro não é simplesmente fazer algo errado, em muitos casos, o erro pode ser um pecado. E, o pecado é exatamente aquilo que afasta o homem de Deus. O grande problema é que pecar, nem sempre será um ato voluntário. Este tipo de erro pode acontecer de maneira natural e de forma despercebida. Ser pecador é uma lástima, uma péssima herança que nos faz errar absurdamente mesmo quando pensamos acertar moralmente.

Se afirmarmos que não temos cometido pecado, fazemos de Deus um mentiroso, e a sua palavra não está em nós. 1 João1:10

Não considero a existência pecaminosa um castigo Divino, ao contrário, considero a morte pelo pecado uma justa advertência quanto ao erro. Pecar é um grande problema. O pecado é uma péssima atitude, mas reconhecer-se um pecador é uma grande ação. A consciência do erro é um grande passo que pode não te levar em direção a perfeição, te leva a quem pode endireitar as ações.

Certamente Deus é bom para Israel, para os puros de coração.
Quanto a mim, os meus pés quase tropeçaram; por pouco não escorreguei.
Pois tive inveja dos arrogantes quando vi a prosperidade desses ímpios.
Salmos 73:1-3

Tentando ter uma vida reta, nem sempre conseguimos sucesso pessoal e, pra piorar, há momentos em que olhamos para o lado vemos o ímpio prosperando e tendo paz. Observando o mundo todo, vemos o ímpio levando uma vida muito mais segura e próspera que muitos cristãos genuínos.

Asafe escreveu este Salmo em forma de desabafo. Desesperado, fazia tudo conforme o Senhor pedia e, via quem não seguia ao Deus de Israel prosperar mais que ele mesmo. Isso incomodou Asafe. Perturbou-o avassaladoramente. E, isso nos incomoda sim. Não se pode negar.

Mas, qual o problema deste incômodo? Seria este incômodo um pecado?

Pois eu penso que sim!

Dando uma olhadinha rápida pela Lei de Deus, observamos que boa parte do que está escrito ali, diz respeito da relação do homem para com o próximo. Ou seja, são Leis de convivência. Normativas que servem para que o homem tenha uma boa relação com os outros.

Como resumo disso, cito os 10 mandamentos. Você se lembra quais são?

1 – Não terás outros deuses diante de mim;

2 – Não farás para ti imagem de escultura;

3 – Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão;

4 – Lembra-te do dia do sábado, para o santificar;

5 – Honra a teu pai e a tua mãe;

6 – Não matarás;

7 – Não adulterarás;

8 – Não furtarás;

9 – Não dirás falso testemunho contra o teu próximo;

10 – Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo.

Agora, compare essas dez informações com aquilo que Asafe deixou escrito no Salmo 73. Veja que ele foi bem em 9 mandamentos, mas Asafe teve problema com o décimo. O salmista quase se desvia dos caminhos do Altíssimo por conta daquilo que ele observou de seu próximo, ou seja, ele desejou o que não era dele. Ele desejou algo que, por algum motivo, não era para ele.

Fazemos isto sempre. Comparamos nossas conquistas e nossas vidas com aqueles que estão perto de nós. Comparamos e discordamos sempre que vemos aquilo que os descrentes conquistam. Não conseguimos na maioria das vezes, observar apenas aquilo que o Altíssimo nos proporcionou até os dias de hoje. E vamos além, não aceitamos que uma pessoa que anda na presença dEle passe por qualquer tipo de problema físico, espiritual ou financeiro.

Erramos.

Pecamos.

Assim como Asafe, pecamos contra o Senhor, assim como está colocado no décimo mandamento de Deus, e, também erramos contra o segundo mandamento deixado por Cristo que é amar ao próximo como a nós mesmos. Se amamos ao nosso próximo sendo ele quem for, amaremos sua prosperidade, amaremos sua alegria e torceremos para que ele continue prosseguindo em paz.

Invejar o descrente é errar, se simplesmente amarmos, seremos felizes.

Minha oração é para que você ame o ser humano, torça por ele e seja feliz sabendo que Deus tem um lugar onde tudo será o melhor!

Por Cyssu…Leia mais »

Anúncios

Mais lenha, por favor.

Lenha-na-fogueira

 

Que lástima esta que nossa sociedade vive atualmente. Se antigamente estava ridículo e achávamos ruim, vemos que ridículo era um estágio para o sistema social atual.

Entramos hoje, num processo um pouco louco e um pouco bruto nas convenções sociais. Ou seja, juntamos a falta de discernimento lógico da loucura com a falta de tato da brutalidade como principais argumentos e, assim, criamos um padrão de comportamento absolutamente egocêntrico. Este comportamento é refletido nas ações conjuntas e vão de encontro à grupos que vivem ao nosso redor.

Pequenos grupos se juntam para celebrar a coletividade do absurdo (e quanto absurdo), se unem para reverenciar a loucura e a brutalidade com uma naturalidade que só víamos nos piores vilões dos mais criativos quadrinhos. A voz e o punho se confundem com tamanha agressividade, o verbo é tão duro quanto murro e, as ações mais devastadoras que os knockouts. O ser humano, agora, é alvo dele mesmo numa troca de farpas ideológicas que oprimem tanto gregos quanto troianos.

Esses ajuntamentos extremistas são catastróficos.

Essa nova convenção do ego está dilacerando o outro, seja lá quem ele for. Essa nova ordem coletiva faz desabar não apenas o respeito, mas, também pretende coibir o direito. Todos os lados são contra todos em volta, e, no final, toda a sociedade tem culpa e merece punição e, de fato, toda a sociedade acaba punida por conta desta nova ordem moral que está tentando se estabelecer. Ataques e contra ataques são infinitos e progressivos.

Situando o problema, vamos ao exemplo. Nos últimos anos vemos um digladiar verbal entre duas classes que buscam ser representantes de determinados grupos, todavia, não os são, ou pelo menos não são como um todo. Falo da guerra entre alguns representantes de denominações cristãs e alguns representantes de movimentos gays.

Alguns líderes cristãos atacam o homossexualismo como se esta prática fosse a maior crítica citada na Bíblia, e do outro lado, alguns líderes LGBTs atacam o cristianismo como se fosse o maior perigo social. Quem está com a razão? Quem é que tem o melhor argumento? Quem é que tem mais força? Bom, sinceramente não sei essa resposta, e quero dizer sobre tudo, que sou contra essa predisposição ao ódio.

Lembro que nem protestantes e nem gays são um grupo unificado, ou seja, não há um líder que seja reconhecido pelo todo, como por exemplo, o Papa da igreja de Roma. Aliás, não importa de onde surgiu o problema, importa é saber fazê-lo parar de forma digna, e, sobretudo, sei quem tem que acabar com esse bate boca.

Meus irmãos, se algum de vocês se desviar da verdade e alguém o trouxer de volta, lembrem-se disso: Quem converte um pecador do erro do seu caminho, salvará a vida dessa pessoa e fará que muitíssimos pecados sejam perdoados.
Tiago 5:19,20

Alimentar a inimizade entre gays e cristãos é a pior forma de apresentar o Reino de Deus para este mundo. Declaro firmemente que está é a pior prática cristã. Está claro que, ao propor que o homossexual é mais pecador que todos os outros pecadores, estamos criando um muro largo e alto na porta de nossas igrejas, impedimos a entrada de pessoas não evangelizadas em nossas congregações, afastando-os de Cristo e, como uma bola de neve, essa briga não afasta das igrejas apenas os que têm a prática homossexual, mas, afasta também quem apóia a causa. Brigas assim fecham a porta da igreja.

Não estou aqui absolvendo nada que a Bíblia condena, ao contrário, afirmo com todas as letras que a Palavra de Deus diz que o homossexualismo  é pecado, o que de fato estou afirmando é que outras tantas práticas são citadas na Bíblia também de forma condenatória e nós não nos revoltamos com tamanha veemência. Essa disparidade é que leva pessoas com intenções políticas ganharem notoriedade e espaço na mídia. Esse exagero acusador é que faz com que pessoas com péssimas intenções assumam posições políticas importantes em nosso país.

Reconheço que não há como negar que os cristãos são o principal alvo dos ataques de grupos oportunistas estes que se organizam para dizer que defendem o homossexual, penso que o fazem como trampolim político. Porém, também reconheço que não podemos simplesmente gritar de volta (em muitos casos, gritar primeiro) com um furor desesperado como se fosse este o principal argumento de Satanás. Digo ainda que, mesmo que fosse, deveríamos demonstrar amor sempre.

Se o seu inimigo tiver fome, dê-lhe de comer; se tiver sede, dê-lhe de beber. Fazendo isso, você amontoará brasas vivas sobre a cabeça dele, e o Senhor recompensará você.
Provérbios 25:21,22

Então, mais lenha, por favor.

 

Minha oração é para que você não entre neste conflito, pois, não há sequer um conflito.

 

Por Cyssu…

Problemas vêm em dégradé

Degrade

Olhando para uma grande empresa, a primeira coisa que me vem em mente é uma pergunta. De onde veio esta ideia?

Grandes empresas surgem de ideias geniais que destoam do comum, mesmo que essas empresas façam algo que é corriqueiro na sociedade. Porém, essa marca se tornará referência a partir de uma grande ideia aliada a uma execução fantástica.

É, caro leitor, o mercado não é um simples golpe de sorte (por mais que eu admita que alguns que estão ai não tem a menor noção disso), o mercado é um sistema vivo que engole fracos e mitifica fortes. Ser líder ou estar próximo ao topo desse sistema é uma tarefa árdua e sem descanso. Administrar bem, neste caso é levar uma marca ao sucesso e, consequentemente manter este nome no topo por muitos anos. Isso, é tão complicado quanto chegar a liderança de mercado.

O principal objetivo da administração deve ser o de assegurar o máximo de prosperidade ao patrão e, ao mesmo tempo, o máximo de prosperidade ao empregado.

Frederick W. Taylor

Empregados felizes, empresas prósperas!

Empregados felizes, mais empenho!

Empregados felizes, empresas sólidas!

Empregados felizes, muitos problemas a menos!!!

Mesmo assim, ainda podem existir problemas…

A identificação de um problema é o ponto crucial para a solução de um problema. Pode até parecer meio óbvio, mas, muitos problemas surgem com tanta sutileza que a identificação fica complicada. Surgem com sutileza e, aos poucos ganham terreno e dimensões que podem ser incontornáveis.

Mancham aos poucos.

Falo com toda a propriedade que, um problema não tem seu start já na crise. Ao contrário, antes disso ele já se mostra e, aos poucos convive com a instituição.

O problema que não é identificado rapidamente enquanto é pequeno pode se tornar algo tão grandioso que pode levar a instituição, mesmo sendo consolidada no mercado, a ruir. O problema destrói.

Todos os grandes problemas são assim, mesmo as guerras.

Os problemas vêm em dégradé. Passa do branco e puro ao buraco negro com sutileza e constância e, se não for identificado logo no início acaba destruindo a instituição.

Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida. Provérbios 4:23

Como as grandes instituições, assim é a nossa vida. Como as grandes crises, assim são as nossas quedas.

Sabemos que não existe tamanho de pecado, mas, existe consequências por conta deles e, as consequências são drásticas. Dependendo de como foi o pecado praticado, a colheita será catastrófica. Mesmo com o perdão de Deus. O que foi plantado crescerá.

O pecado é semelhante aos problemas. Ele vem aos poucos, chega perto, aparece outra vez, se aproxima, ganha sua confiança, se torna comum, e por fim, se torna normal. Você não identifica mais o pecado.

Porém, o que torna o pecado mais temível que a crise, é que o pecado destrói o tato de nosso coração. O sentimento é dilacerado e nosso coração se torna petrificado. O pecado acaba com nosso sentimento espiritual. Você não percebe a mutação e passa a viver de maneira pecaminosa. Quem tem uma vida de pecado vive derrotado com aparência de vitória.

E, é isso que deixa o pecado tão perigoso.

Assim como os grandes problemas, os pecados também são dégradé.

Antes de se tornarem parte de seu comportamento, o pecado precisa ser natural para seu pensamento.

Não declines nem para a direita nem para a esquerda; retira o teu pé do mal.
Provérbios 4:27

O principal objetivo do pecado é nos distrair. Só isso.

Essa distração nos faz mudar de rumo. Mudar o Alvo. Esquecer por algum momento do lugar para onde estamos indo. Depois que estamos distraídos, somos atraídos para cada vez mais perto do pecado e cada vez mais longe do caminho que devemos andar.

Qualquer que comete pecado, também comete iniquidade; porque o pecado é iniquidade.
1 João 3:4

Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência.
Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte.
Tiago 1:14-15

Quando estamos muito longe de nosso Alvo, somos capturados pelo pecado. Viciados nele. Não conseguimos imaginar a vida sem ele. Não podemos fugir mais sozinhos. É a nossa crise.

Graça e paz da parte de Deus Pai e do nosso Senhor Jesus Cristo, O qual se deu a si mesmo por nossos pecados, para nos livrar do presente século mau, segundo a vontade de Deus nosso Pai, Ao qual seja dada glória para todo o sempre. Amém.
Gálatas 1:3-5

Temos uma chance. Temos Jesus para nos salvar desse caminho que parecia sem volta.

Se você está tão no fundo desse poço que não consegue pedir socorro. Se os homens não podem mais te ajudar. Se você não tem mais força para lutar. Clame a Cristo!

Se você ama o pecado. Se você entrou neste caminho. Se você acha que se perdeu. Clame a Cristo!

Clame…. Clame ao nosso Salvador, e o Leão de Judá irá te resgatar do lamaçal!!! Eu garanto que vai. E, assim, você será templo do Espírito Santo de Deus que repele todo e qualquer vestígio que o pecado possa tentar colocar em você.

Minha oração é para que você saiba identificar quando o pecado está se aproximando de sua vida. Para que você conheça as armadilhas do pecado para tentar de escravizar. Oro para que você perceba o tom dégradé que ele usa, e no primeiro sinal de mancha escura em suas vestes você consiga se limpar muito antes de estar com as vestes sujas de lama.

Oro para que nossas vestes sejam absurdamente brancas, limpas pelo sangue do Cordeiro.

Por Cyssu…

Minha oração…

 

Oração

Deus

Desculpe-nos por sermos assim na verdade, gostamos de tudo que é ruim.

Somos sinistros, indolentes, perversos , somos  também maus, vazios e desonestos…

Pai

Esquecemos de tudo que foi feito na cruz e ainda achando que somos perfeitos.

Batemos no peito e vivendo em (ilusória) paz fazendo tudo que um verme maldito é capaz.

 

Inconsciente de Sua santidade

Desapercebido de Sua beleza

Ignorantes das Suas glórias

Não reverentes a Sua majestade.

Charles Haddon Spurgeon

 

Somos assim

Caminhamos para nossa eterna condenação.

Somos ruins

(In)Felizes, caminhamos para a eterna condenação

 

Deus

Detestamos ter que depender de alguém. Vivemos bem a vontade e esquecemos até de nossa morte.

Desculpe-nos pois achamos difícil entender o  tamanho de Seu sacrifício…

Pai

No fundo, no fundo, fugimos, a covardia nos impede de agir adequadamente.

Temos sim, muito medo da mortificação e, no final das contas, pecamos por pura e simples opção

 

Inconsciente de Sua santidade

Desapercebido de Sua beleza

Ignorantes das Suas glórias

Não reverentes a Sua majestade.

Charles Haddon Spurgeon

 

Somos assim

Caminhamos para nossa eterna condenação.

Somos ruins

(In)Felizes, caminhamos para a eterna condenação

 

Nos perdoe Deus!

Cinema.

cineminha bacana

 

Um bom filme é sempre bem vindo. Filme é maneiro!

Filmes socializam e criam situações propicias para formar novas amizades ou, até mesmo, para que se discuta temas e significados daquilo que foi exposto na tela.

Assistir a um bom filme, sozinho ou acompanhado, é bem legal. E, são muitas as combinações para assistirmos filmes. Pipoca, refrigerante, café… Todos esses ingredientes são ótimos para acrescentar ao divertimento, mas, ainda sim, acredito que a melhor combinação mesmo é uma boa companhia.

Como é bom assistir a um filme maneiro com uma companhia também maneira. No escurinho cinema então…

E, se a tua mão direita te escandalizar, corta-a e atira-a para longe de ti, porque te é melhor que um dos teus membros se perca do que seja todo o teu corpo lançado no inferno.
Mateus 5:30

Isso mesmo. Arranca fora! Se é o olho, se é a mão, ou que quer que seja. Ampute!

Tem disposição de arrancar fora o que te faz pecar no escurinho do cinema? Tem moral?

Essa atitude extrema, retirada das palavras do próprio Cristo, se refere a qualquer coisa que te faz pecar quando ninguém está te vendo. Esse é um tipo de atitude extrema que serve para mostrar o quanto é importante ser precavido. E, precaução é fundamental para salvação.

Sim, concordo que todos pecamos e que ninguém vai passar por essa terra sem pecar. Todos vamos pecar, mas, quando achamos legal pecar, geramos um problema grave. Quando pecamos tendo consciência do pecado, ele se torna maldade.

O pecado na vida do crente deve ser um tropeço, apenas um deslize. Algo que foi feito sem querer e, logicamente, esse pecado deve gerar arrependimento, para ai sim, se obter o perdão.

Como posso ser perdoado por um erro que eu gosto de cometer?

Se eu gosto de errar, significa que com certeza eu vou errar de novo.

O pecado deve ser uma exceção na vida de quem crê que o Espírito Santo habita dentro dele.

Uma forma de se precaver é observar os erros dos outros. Claro, é bem melhor aprender com os erros de terceiros que ter que aprender com os próprios erros.  Observe bem os testemunhos que são dados tanto na própria Palavra de Deus quanto nos templos cristãos espalhados pelo mundo.

Quantas vezes você já ouviu falar de pessoas que pareciam totalmente retas e, por um motivo aparentemente besta, caem em pecado e arruínam toda uma caminhada cristã? Isso não é muito difícil de acontecer. Basta dar espaço à sua carne.

No seu bairro mesmo deve haver alguém com um testemunho bonito e edificante que, certamente vai te ajudar na área que você mais precisa

“Vigiem e orem para que não caiam em tentação. O espírito está pronto, mas a carne é fraca”.
Mateus 26:41

E é muito fraca.

Não dê chance para o azar. Seja exagerado em ser reto. Faça de tudo para ser honesto com seu Deus.

Lembre-se sempre que o Espírito Santo de Deus habita em você. Vigie, por favor, vigie! Vigie principalmente do pecado sexual, que hoje com certeza, é o que mais parece atraente. Esse é o pecado do momento. O que tem mais propaganda.

Esse pecado quer acabar com a juventude do mundo. Transformar toda uma geração em adultera.

E, o apelo ao sexo é a propaganda de Satanás, em todas as esquinas e em todos os programas de TV vemos escrito ou dito para fazer sexo, fazer muito, fazer agora, fazer mais, fazer com a maior quantidade de pessoas que você poder, experientar muito, experimentar tudo, pra não se frustrar no futuro.

Na real, prega-se uma falsa liberdade. Pintam uma algema, cobrem de ouro, ornamentam bem, mas, ela continua sendo algema e, só vai servir para prender. Isso é prisão sexual.

Nosso inimigo é cruel e covarde, ele joga baixo, porém, o Diabo joga muito bem. Se der mole, Xeque Mate.

Mas, se não conseguem controlar-se, devem casar-se, pois é melhor casar-se do que ficar ardendo de desejo.
1 Coríntios 7:9

Minha oração é para que você conheça sua fraqueza, para que você confesse-a para Deus. Aceite ser amado por Jesus e saiba que você está lavado pelo sangue do Cordeiro. Cristo morreu para te salvar do pecado, para de curar do pecado. Saiba onde você está mais propenso a falhar e peça para o Eterno te ajudar nesta área.

Por Cyssu…

Foi mal.

pedrada

Quem nunca errou, atire a primeira pedra.  Algo que Cristo disse e, que se transformou em ditado popular.

Errar é um ato inerente ao ser humano. Todos nós erramos e, infelizmente, vamos continuar errando.

O problema de fato, não é errar. É persistir no erro enchendo o peito de orgulho e soberba. Ruim é quando alguém erra e, mesmo tropeçando na verdade o tempo inteiro, não assume que, neste caso, está errado.

Outro dia, assistindo a TV, comecei a observar que a ciência não admite ter errado.

A própria evolução das espécies é um teoria que não se sustenta e, mesmo assim, esse tema virou um paradigma que não pode ser afrontado. Hoje, no meio científico é praticamente proibido levantar uma hipótese que venha de encontro à essa teoria. Uma teoria que foi criada por um camarada que não tinha os equipamentos que hoje temos e, com esses equipamentos, hoje, podemos observar que , um processo evolutivo é tão complexo, mais tão complexo que é permeado pelo impossível.

A própria ciência afirma que apenas vida gera vida.

Isso tudo fora os tais fósseis transicionais que nunca foram achados, as já descobertas fraudes dos esqueletos de supostos homens pré-históricos e, o que eu acho que é o mais terrível, a mentira da fossilização que se encontra em seu livro de biologia. Neste último exemplo, a milhares de anos, um peixinho nadando tranquilo encontra com a morte, esse peixinho (que morreu de causas naturais) agora morto, afunda, é soterrado e, milhões de anos depois deste fato, é encontrado fossilizado.

Ora bolas, só num livro de biologia que um peixe (ou qualquer outro animal) morre e afunda, isso devia ser algo típico do mundo jurássico, porque os animais de hoje, todos eles morrem e boiam. Do peixinho até a grande baleia, todos eles boiam.

Esse é só um exemplo de orgulho, da falta de reconhecimento de um erro grosseiro que nos é imposta numa ditadura evolucionista que não convence nem seus defensores.

Mas, e quando o erro está em mim?

Como posse fazer para que meu erro não se transforme num paradigma de minha personalidade?

Basta usar a lógica, e junto a ela, o bom senso.

A lógica é muito boa pra reflexão racional de atitudes tomadas.

O bom senso te leva a um momento de avaliação emocional do caso.

Assim devemos ouvir, refletir e, se for o caso, mudar.

O que rejeita a instrução menospreza a própria alma, mas o que escuta a repreensão adquire entendimento.

Provérbios 15:32

Estar aberto aos bons conselhos também é bom para o crescimento, a própria Palavra de Deus afirma:

Não havendo sábios conselhos, o povo cai, mas na multidão de conselhos há segurança.

Provérbios 11:14

Ouvir bons conselhos, de mais de um amigo é importante. Claro que ovir conselhos significa que você procurará pessoas com o mínimo de bom entendimento para te ajudar num erro.

Por exemplo, se você é casado, não procure conselhos com solteiros.

Irmãos, não sejais meninos no entendimento, mas sede meninos na malícia, e adultos no entendimento.

1 Coríntios 14:20

A reflexão sem dúvida, vai nos mostrar nossos próprios erros. A reflexão honesta vai nos mostrar o caminho que traçamos e o que deveríamos ter traçado. Refletir sobre nossos atos é fundamental para que não venhamos a cometer os mesmos erros. Afinal, errar é humano, continuar errando é asneira.

Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma?

Mateus 16:26

Mudar é um passo complicado, e, é um passo tremendamente importe para um ajuste. A capacidade de mudar mostra sabedoria. Mudar é ora quem é bom, honesto e pra quem tem uma intimidade com Deus.

Reconhecer o erro e mudar.

Outro passo é perdoar. Perdoar qualquer pessoa, mesmo que esse erro seja praticado pelo mesmo indivíduo seguidas vezes, mesmo que esse erro seja praticado contra você 490 vezes.

Então Pedro, aproximando-se dele, disse: Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu lhe perdoarei? Até sete?

Jesus lhe disse: Não te digo que até sete; mas, até setenta vezes sete.

Mateus 18:21-22

Perdoar é tão importante.

Reconhecer um erro é importante.

Nossos pais nos disciplinavam por curto período, segundo lhes parecia melhor; mas Deus nos disciplina para o nosso bem, para que participemos da sua santidade.

Hebreus 12:10

Reconhecer o erro é o mesmo que admitir o pecado, e, com o arrependimento, não se pratica mais esse tipo de pecado.

Perdoar é ter o coração que agrada a Deus.

Minha oração é para que você não só perdoe mas, que você possa reavaliar suas atitudes e, com sua análise que você possa mudar e melhorar sempre!

Por Cyssu.

O que estará escrito em sua história?

Pois, que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?

Ou, o que o homem poderia dar em troca de sua alma?

Se alguém se envergonhar de mim e das minhas palavras nesta geração adúltera e pecadora, o Filho do homem se envergonhará dele quando vier na glória de seu Pai com os santos anjos.
Marcos 8:36-38

O que estará escrito em sua história?

Nossa história é escrita de tal forma que, fica gravada pra sempre. Ela não muda e por mais que tentemos esconder algo em nosso passado, jamais poderemos apagar algo que já foi feito. Somos reféns de nossas escolhas, acertando ou não, nossa história é escrita.

Mas, você pode perguntar: – Meu Deus é Deus de Graça perdão e misericórdia, Ele não olha o meu passado, Deus olha minha vida com amor.

Concordo que Deus realmente nos faz novas criaturas e, com sua graça, perdão e misericórdia, nos dá a esperança de vida eterna ao lado do Pai. Mas, a glória deste fato é Dele, não nossa. Ele nos perdoa sim, mas isso não significa que nunca tenhamos errado.

Sabe, quando pregamos o arrependimento, esquecemos o que realmente ele significa. Se arrepender é não querer fazer mais. Quando nos arrependemos, nós rejeitamos aquela atitude que, em outros momentos nos eram prazerosas, lembramos do pecado com nojo e não com saudade. Se arrependidos sentimos vergonha de algo em nosso passado, e, só assim, quando reconhecemos essa insatisfação histórica, somo perdoados.

Muitas vezes, esse sentimento de culpa não nos abate, ele vem, pois, queremos nossa salvação, e ainda jogamos na cara de Deus que ele é Deus de Graça. Esse tipo de arrependimento não existe de fato. É mecânico. Mentiroso.

Precisamos ter muito cuidado ao escrevermos nossa história, mesmos sabendo que nosso Deus é Deus de perdão, graça e misericórdia.

DEUS PERDOA SE ELE QUISER, QUEM ELE QUISER E PELO MOTIVO QUE ELE QUISER, AFINAL, ELE É SOBERANO.

Se pecamos e não nos envergonhamos desse ato, espiritualmente, estamos dizendo que sentimos vergonha de Cristo, deixamos claro que nos é mais agradável fazer o contrário do que Ele nos ensinou. E, isso é grave. Ter vergonha de Cristo é o pior ato que um cristão pode ter.

Resumindo, pecar sem se arrepender, é se envergonhar do Mestre. Significa ficar sem um advogado.

Então eu te pergunto: Quanto vale sua salvação?

Uma noite de sexo?

Um dia de bebedeira com os amigos?

Todos nós pecamos. Infelizmente é impossível viver sem pecar, o que não podemos e transformar o pecado em um ato proposital. Isso não é erro, isso é crime. É doloso. Tem malandragem. É querer enganar a Deus.

Minha opinião é que é melhor abdicar de 30 anos de prazeres na Terra para ter uma vida (eterna) de gozo ao lado de Deus!

 

Por Cyssu…