Cogitatione 1 – Ser maior, sendo menor. (Mt 18.1-9)

texto

Esta é uma passagem muito conhecida dentre a cristandade. Uma passagem que diz que seremos maiores quando nos apresentarmos menores.

Acompanhe comigo.

Nesses versos, Jesus, mais uma vez de forma fantástica, nos ensina usando um paradoxo para revelar um absoluto. Ele apresenta com um exemplo bem simples, verdades sobre o Reino de Deus. Assim, conhecem mais uma vez, a verdade pela Verdade.

E, o que posso tirar de aprendizado nisto?

1) Que o primeiro ato para ser grande no Reino é, de fato se converter (v 3a);
2) Que é preciso me tornar humilde e despretensioso, assim como uma criança que, com dúvidas, pergunta; com dor, chora; com vontade, pede e mesmo quando corrigida, abraça quem o corrigiu (v 3b);
3) Que é preciso ter humildade para herdar o Reino dos Céus (v 4);

O Mestre nos ensina que para sermos grandes cidadãos do Reino, devemos ter atitudes humildes e adequadas ao Reino. Assim, também, aquele que recebe algum desses cidadãos, recebe o próprio Rei! (v 5);

Porém, Cristo adverte a todos. O Mestre diz que, aquele que vai de encontro a caminhada de um desses pequeninos, é contrário ao Seu Reino, age conforme o anticristo (conf. 1Jo 2.15-19) e, este é condenável. (vs 6 e 7);

Jesus ainda adverte (na parte final da epígrafe) dizendo que, eu mesmo posso ser anticristo de minha própria caminhada, ser pedra de tropeço de minha própria perna, e contra isso, preciso tomar uma atitude definitiva. (vs 8 e 9);

Assim, a Revelação do Mestre neste texto aponta para humildade, despretensão, cuidado com os humildes e atitudes sérias para a santificação.

Que Deus nos abençoe com sabedoria e paz!
Amém!

#Deus #Jesus #EspíritoSanto #Reino#anticristo #ReinoDeDeus #ReinoDosCéus#bíblia #Graça #humilde #criança #Mestre#Paz #vida #salvação

Anúncios

Amuletos e muleta. Coitadinho do coelho

coelho-alisa-orelhas-em-reserva-na-inglaterra

 

Durante muito tempo eu vi nas chaves dos ônibus que circulavam em Vila Velha, aqui no Espírito Santo, vários pés de coelho. Era quase que obrigatório. Não sei se eram todos necessariamente verdadeiros – penso que alguns eram apenas imitações, pés de coelho artificiais – sei que era um padrão daqui da minha cidade, os ônibus terem em suas chaves este tipo de amuleto.

Diziam que aquilo daria sorte. Sorte pra quem?

Eu, apenas uma criança, simplesmente achava terrível saber que os motoristas andavam com amuletos e os coelhos com muletas. Coitadinho do coelho. Afinal, como poderia o pé desse bicho trazer sorte para todos, menos pra ele que tinham 4 amuletos da sorte? Talvez, o problema estaria em um número par. Ou, sei lá…

A sorte é lançada no colo, mas a decisão vem do Senhor.
Provérbios 16:33

De que adiante um amuleto de sorte? Ora, pra nada! De nada valem flores e velas, de nada valem rezas e simpatias. De nada valem. A sorte é o acaso, é sorte pra uns, azar para outros. Não dá para medir a sorte e nem dá pra saber o quanto esta sorte é de fato, uma grande sorte.

Tive um colega que certa vez, me chamou para conversar dizendo que havia tido uma grande sorte. Ele me disse que um amigo dele, um rapaz com bastante condição financeira, havia proposto uma espécie de sociedade. Esta sociedade seria de interesses. Como este meu colega tinha apresso por cozinhar, foi lhe proposto um abrir um negócio, uma padaria, onde ele trabalharia como padeiro confeiteiro e a outra parte faria todo o investimento necessário para viabilizar o projeto.

Nas palavras deste meu colega, ele teve muita sorte. Ele chegou a me dizer, exatamente com estas palavras: “Que sorte! Isso é coisa de Deus!”

Essa sociedade deu certo? Claro que não!

Pouco tempo se passa e este meu colega, que havia pedido conta do trabalho anterior, me encontra com todos os tipos possíveis de reclamações. Desde o local do empreendimento até o modo de agir do sócio. Tudo estava ruim. A sorte virou azar, a bênção passou por maldição.

Depois de o crucificarem, dividiram as roupas dele, tirando sortes.
Mateus 27:35

Sorte, amuletos… Bom mesmo é não os ter.

Assim como o coelho que, em meu imaginário, precisaria de uma muleta para poder dar conta de seus passos após terem arrancado uma ou todas as suas patas, os amuletos também servem de muletas para quem quer caminhar de mãos dadas com a sorte. Essas muletas são apêndices fictícios da incompetência, da falta de esforço e, até mesmo, da falta de uma verdadeira fé.

Quando se trata de fé então tratamos de um assunto delicado, afinal para muitos, a própria fé se trata de um amuleto ou, de uma muleta para se apoiar em um deus qualquer e, fugir das obrigações que são definitivamente humanas. Sem entrar neste mérito, pois apologética não é o objetivo destas linhas, penso que quando a fé é usada para fins pessoais de fato, ela é um grande amuleto. Amuleto da sorte.

Agora, pare para pensar comigo onde é que a fé se torna um amuleto em nossa vida. Vamos analisar aquilo que chamamos de fé.

Quando, ou, em que situação você “usa a sua fé”?

Pensou?

Pronto, o simples fato de você ter lembrado de quando usou a sua fé mostra que ela é um amuleto para que sua sorte seja mudada. Mas fé não é isso, nós é que entendemos errado. A gente não sabe interpretar corretamente aquilo que nos foi deixado por inspiração Divina nas Escrituras Sagradas.

Baseamo-nos sempre nas montanhas que podem ser removidas mas, não nos apoiamos nos motivos que seriam necessários para que dirigíssemos a palavra a um monte fazendo com que ele alterasse seu local de descanso. Se pensamos na fé como um amuleto, ou como uma arma secreta para superpoderes, não sabemos nada sobre fé.

Por muito tempo objetos foram colocados nas paredes e nos templos para que de forma visual, pudéssemos ter mais fé. A reforma fez a percepção desses objetos mudar e, penso que ela caminhou bem por uns 460 anos. Mas, o protestantismo tornou-se supersticioso.

Vemos rosas, sal, água… Até mesmo a bíblia aberta em certo Salmo. Tudo para “afastar maus espíritos”. Ora, qual a diferença entre um amuleto para afastar maus espíritos e uma pimenteira para afastar mau olhado. Claro que nenhuma. Tudo isso faz parte de uma mesma idéia precária sobre um tipo de fé que não é, e nem nunca será a que nos é ensinada na Bíblia.

Lemos nas escrituras que, sem fé é impossível agradar a Deus (Hb 11.6), quando tratamos a fé como algo esporádico, estamos indo contra a maneira mais adequada de nos aproximarmos de Deus. De fato – e falo pelo ponto de vista protestante – deixamos para ter fé quando oramos por algo ou quando estamos no culto.

Fé é adoração. Devemos ter fé o tempo todo. Temos que ter fé mesmo se não acontecer nada, afinal, a fé é uma ação de adoração ao Senhor. É algo para ser vivido e não usado. Se temos fé em Jesus Cristo, devemos ter fé o tempo inteiro, e não lançar mão em momentos específicos.

Minha oração é para que você tenha fé em Jesus é só nEle. E, que você saiba que Cristo não é um amuleto, Ele é Deus.

 

Por Cyssu…

Problemas vêm em dégradé

Degrade

Olhando para uma grande empresa, a primeira coisa que me vem em mente é uma pergunta. De onde veio esta ideia?

Grandes empresas surgem de ideias geniais que destoam do comum, mesmo que essas empresas façam algo que é corriqueiro na sociedade. Porém, essa marca se tornará referência a partir de uma grande ideia aliada a uma execução fantástica.

É, caro leitor, o mercado não é um simples golpe de sorte (por mais que eu admita que alguns que estão ai não tem a menor noção disso), o mercado é um sistema vivo que engole fracos e mitifica fortes. Ser líder ou estar próximo ao topo desse sistema é uma tarefa árdua e sem descanso. Administrar bem, neste caso é levar uma marca ao sucesso e, consequentemente manter este nome no topo por muitos anos. Isso, é tão complicado quanto chegar a liderança de mercado.

O principal objetivo da administração deve ser o de assegurar o máximo de prosperidade ao patrão e, ao mesmo tempo, o máximo de prosperidade ao empregado.

Frederick W. Taylor

Empregados felizes, empresas prósperas!

Empregados felizes, mais empenho!

Empregados felizes, empresas sólidas!

Empregados felizes, muitos problemas a menos!!!

Mesmo assim, ainda podem existir problemas…

A identificação de um problema é o ponto crucial para a solução de um problema. Pode até parecer meio óbvio, mas, muitos problemas surgem com tanta sutileza que a identificação fica complicada. Surgem com sutileza e, aos poucos ganham terreno e dimensões que podem ser incontornáveis.

Mancham aos poucos.

Falo com toda a propriedade que, um problema não tem seu start já na crise. Ao contrário, antes disso ele já se mostra e, aos poucos convive com a instituição.

O problema que não é identificado rapidamente enquanto é pequeno pode se tornar algo tão grandioso que pode levar a instituição, mesmo sendo consolidada no mercado, a ruir. O problema destrói.

Todos os grandes problemas são assim, mesmo as guerras.

Os problemas vêm em dégradé. Passa do branco e puro ao buraco negro com sutileza e constância e, se não for identificado logo no início acaba destruindo a instituição.

Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida. Provérbios 4:23

Como as grandes instituições, assim é a nossa vida. Como as grandes crises, assim são as nossas quedas.

Sabemos que não existe tamanho de pecado, mas, existe consequências por conta deles e, as consequências são drásticas. Dependendo de como foi o pecado praticado, a colheita será catastrófica. Mesmo com o perdão de Deus. O que foi plantado crescerá.

O pecado é semelhante aos problemas. Ele vem aos poucos, chega perto, aparece outra vez, se aproxima, ganha sua confiança, se torna comum, e por fim, se torna normal. Você não identifica mais o pecado.

Porém, o que torna o pecado mais temível que a crise, é que o pecado destrói o tato de nosso coração. O sentimento é dilacerado e nosso coração se torna petrificado. O pecado acaba com nosso sentimento espiritual. Você não percebe a mutação e passa a viver de maneira pecaminosa. Quem tem uma vida de pecado vive derrotado com aparência de vitória.

E, é isso que deixa o pecado tão perigoso.

Assim como os grandes problemas, os pecados também são dégradé.

Antes de se tornarem parte de seu comportamento, o pecado precisa ser natural para seu pensamento.

Não declines nem para a direita nem para a esquerda; retira o teu pé do mal.
Provérbios 4:27

O principal objetivo do pecado é nos distrair. Só isso.

Essa distração nos faz mudar de rumo. Mudar o Alvo. Esquecer por algum momento do lugar para onde estamos indo. Depois que estamos distraídos, somos atraídos para cada vez mais perto do pecado e cada vez mais longe do caminho que devemos andar.

Qualquer que comete pecado, também comete iniquidade; porque o pecado é iniquidade.
1 João 3:4

Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência.
Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte.
Tiago 1:14-15

Quando estamos muito longe de nosso Alvo, somos capturados pelo pecado. Viciados nele. Não conseguimos imaginar a vida sem ele. Não podemos fugir mais sozinhos. É a nossa crise.

Graça e paz da parte de Deus Pai e do nosso Senhor Jesus Cristo, O qual se deu a si mesmo por nossos pecados, para nos livrar do presente século mau, segundo a vontade de Deus nosso Pai, Ao qual seja dada glória para todo o sempre. Amém.
Gálatas 1:3-5

Temos uma chance. Temos Jesus para nos salvar desse caminho que parecia sem volta.

Se você está tão no fundo desse poço que não consegue pedir socorro. Se os homens não podem mais te ajudar. Se você não tem mais força para lutar. Clame a Cristo!

Se você ama o pecado. Se você entrou neste caminho. Se você acha que se perdeu. Clame a Cristo!

Clame…. Clame ao nosso Salvador, e o Leão de Judá irá te resgatar do lamaçal!!! Eu garanto que vai. E, assim, você será templo do Espírito Santo de Deus que repele todo e qualquer vestígio que o pecado possa tentar colocar em você.

Minha oração é para que você saiba identificar quando o pecado está se aproximando de sua vida. Para que você conheça as armadilhas do pecado para tentar de escravizar. Oro para que você perceba o tom dégradé que ele usa, e no primeiro sinal de mancha escura em suas vestes você consiga se limpar muito antes de estar com as vestes sujas de lama.

Oro para que nossas vestes sejam absurdamente brancas, limpas pelo sangue do Cordeiro.

Por Cyssu…

Tudo bem! Parabéns pela conquista mas, e o telhado, vai ficar assim?

Telhado quebrado

Em vários momentos da vida, nos tornamos vorazes em alcançar algum tipo de resultado.

Já me peguei – várias vezes – bolando planos mirabolantes para conseguir sucesso, ou pelo menos, mudança em alguma área de minha vida. Cara, como viajo nesses pensamentos.

Penso cada detalhe de como conseguir, de forma honesta, chegar no lugar que eu almejo.

Falo de todas as áreas: financeira, profissional, religiosa, familiar, interpessoal… Sério, me pego matutando ideias bem complexas para chegar em meus objetivos.

Repito, penso em ideias honestas, claro, essas são mais trabalhosas, porém, a vitória é mais saborosa.

Fala sério. Você também já se pegou criando fatos imaginários para poder, enfim, realizar sonhos. São sonhos de realização de sonhos. Que louco, né?

Bem, não vejo problema nenhum nisso, como disse acima, eu mesmo sou um viajante nato, faço esse tipo de coisa constantemente. Planejo algo que, sei que no momento, não posso seguir e fazer, mesmo assim, planejo e, sonhando acordado, realizo o que pretendia.

Mas, algumas vezes é possível realizar o sonho, e geralmente, basta que tenhamos com que dividir nosso sonho. Precisamos apenas de alguém confiável para contar nosso sonho e sermos ajudados.

Difícil mesmo é achar alguém confiável nesses dias. Mas, graças a Deus, essas pessoas ainda existem.

Teve José um sonho, que contou a seus irmãos; por isso o odiaram ainda mais.
Gênesis 37:5

Saber a quem contar aquilo que está no fundo de nosso coração é bem importante. Devemos ter um bom discernimento de quem será a pessoa que escutará nosso anseio.

Ser parente não importa.

Não deixes o teu amigo, nem o amigo de teu pai; nem entres na casa de teu irmão no dia da tua adversidade; melhor é o vizinho perto do que o irmão longe.
Provérbios 27:10

Um amigo é muito importante para ouvir e até mesmo, nos orientar na hora de tomar uma decisão importante.

Algumas decisões podem mudar nossa vida completamente e se essas decisões são compartilhadas podem nos dar um direcionamento que, por hora, não estamos conseguindo observar.

Se tem amigos, pede ser que seu trajeto até sua vitória será bem mais simples, ou, até mesmo facilitado.

E, não achando por onde o pudessem levar, por causa da multidão, subiram ao telhado, e por entre as telhas o baixaram com a cama, até ao meio, diante de Jesus.
Lucas 5:19

Este texto é bem conhecido e, Jesus observa a fé dos amigos que levaram o rapaz até a Ele. Cristo perdoa os pecados do moço, os fariseus tem maus pensamentos, e Jesus, conhecendo o que eles pensavam, faz aquilo que o paralítico almejava. O milagre!

Certamente o sonho do paralítico foi alcançado por conta dos amigos que ele tinha. Os amigos desse homem o levaram até a realização daquilo que ele mais almejava em sua vida.

Eles subiram no telhado, abriram um buraco, desceram o rapaz e ele foi curado. Aleluia!

Parece que eu posso ver a alegria de todos que estavam naquela casa.

Mas, espera um pouco.

E o dono da casa?

Conjecturando, posso também imaginar ele chegando bem perto do ex paralítico e perguntando:

“Tá feliz? Tudo bem! Parabéns pela conquista mas, e o telhado, vai ficar assim?

Você faz um esforço gigante para conseguir a sua conquista e agora vai deixar o telhado dos outros todo arrebentado?“

Saiba que o esforço que você dedicou para receber a bênção deve ser o mesmo para abençoar.

Você precisou abrir um buraco para conquistar sua vitória. Feche-o, e, de preferência, faça imediatamente.

Esse rombo no terraço foi aberto e o dono da casa não se importou, a bíblia não menciona o questionamento – que seria justo – do dono do imóvel. A bíblia simplesmente diz que os amigos fizeram o que foi possível para que o homem paralítico fosse abençoado.

Não deixe os que te ajudaram de fora de sua bênção.

Tape o buraco do telhado e mostre gratidão por ter podido fazer uma abertura que serviu de atalho para seu milagre.

Deus coloca pessoas em nossas vidas para poder nos oportunizar o milagre de Cristo. O próprio Espírito Santo de Deus nos conduz até estes indivíduos e nós podemos então nos aproximar mais e mais do lugar onde vamos encontrar nossa vitória.

Se o dono de alguma casa deixou você abrir o telhado para encontrar a sua vitória. Agradeça, conserte o estrago e abençoe aquele lar.

Minha oração é para que você sonhe e encontre pessoas que você possa contar seus sonhos, pessoas que possam lhe permitam abrir buracos em seus telhados e que você saiba recompensar a cada uma por serem tão generosas com sua vida.

Por Cyssu…

15 vezes 6

vila velha

 

Aqui no Espírito Santos, principalmente na Grande Vitória, os condomínios tem sido caracterizados pela verticalização. Hoje, por aqui, raros são os condomínios de casas, não se vê um canteiro de obra onde o objetivo é formar um bairro com terrenos e casas.

São prédios e mais prédios, uns mais altos que os outros. E, todos caros, bem caros…

O calor das vendas não é mais o mesmo, as construtoras tentam nos catar pelo bração para tentar nos vender apartamentos que não são lá grandes coisas, apesar de serem construídos em prédios cada vez mais altos, são apartamentos cada vez menores.

Não enchem os olhos.

Vemos prédios com mais de 15 andares, nunca com mesmo de 6 apartamentos por andar, praticamente vazios. E, o pior é a propaganda… Logo no início da obra, te assustam, dizem que o imóvel está quase todo vendido, que se você não fechar negócio vai perder a maior oportunidade de sua vida.

Eles estão vazios e, depois que vendeu-se alguns apartamentos, não se pode baixar o preço, afinal, quem já comprou não pode sair no prejuízo. E, seria um prejuízo muito grande.

15 vezes 6, quanto dá? Facilito pra você… O resultado é 90. Contando que pelo menos ¼ do imóvel está parado, temos (mais ou menos) 22 apartamentos sem moradores, se contarmos que os apartamentos não são vendidos a menos de 200.000 reais, calculamos que temos quase meio milhão de reais parados em cada edifício que está sendo construído por aqui.

O valor que é atribuído ao produto não proporcional à qualidade apresentada. Quando digo qualidade falo de tamanho, localização e acabamento. Então, apesar de caros, são ruins. O preço não é proporcional à qualidade do produto. O investimento, por hora, não é tão bom quanto poderia ser.

Porque ninguém pode colocar outro alicerce além do que já está posto, que é Jesus Cristo.
Se alguém constrói sobre esse alicerce, usando ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno ou palha,
sua obra será mostrada, porque o Dia a trará à luz; pois será revelada pelo fogo, que provará a qualidade da obra de cada um.
Se o que alguém construiu permanecer, esse receberá recompensa.
Se o que alguém construiu se queimar, esse sofrerá prejuízo; contudo, será salvo como alguém que escapa através do fogo.
Vocês não sabem que são santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vocês?

1 Coríntios 3:11-16

Somos construções, somos altas e firmes. Somos fortes de vistas. Somos construções que não podem ficar obsoletas e, muito mesmo, desvalorizadas. Temos, que estar com nossos aposentos ocupados.

Nosso principal aposento, é nosso coração. Ele nunca está vago. Nunca está vazio. Pode até estar empoeirado, mas, nunca vazio. Saiba que se Deus não ocupar o lugar dele, outro ocupará. Não importa o tamanho, nem o valor que é dado a esse apartamento de sua alma. Ele, jamais ficará sem um ocupante.

Deus deve ser o morador de nossa construção. Ele deve ser o motivo de nossa obra, o objetivo de nossa edificação, o alicerce de nossa vida, o construtor de nossa estrutura e o único morador desse condomínio.

Em nossa edificação não pode ser um prédio com muitos apartamentos. Temos que ser como as construções de antigamente, temos que ser uma casa, com um bom jardim, onde é possível se plantar belas árvores, colocar rede, plantar um colorido jardim… Nossa construção é espaçosa, confortável, limpa porém, só pode caber um único morador. Adonai Deus.

Se não for o Senhor o construtor da casa, será inútil trabalhar na construção.

Salmos 127:1a

Seu corpo é templo, morada do Altíssimo. E dEle, por Ele e para Ele que você existe.

Quando Deus mora em você, é automático a imagem de Cristo em sua vida. Jesus é glorificado pela presença do Espírito Santo de Deus em sua vida. Quando maior habita o menor, o menor exalta o maior.

Sinta-se um palácio e seja habitação do Rei Jesus!

Minha oração é para que você tenha prudência em sua vida cristã e temor pelo Senhor. Que seu coração seja morada dEle, só dEle. Que sua vida seja uma vida de santidade, e que a paz que excede todo o entendimento arrebate seu coração.

 

Por Cyssu…

Quem tem moral…

Luther King

Quem nunca recebeu uma ordem? E, quem já teve a oportunidade de dar um ordem?

As ordens existem para nos indicar (ou para indicarmos) coisas que devem ser feitas, muitas vezes com emergência. São falas interpessoais e, sempre são direcionadas a seres vivos.

Senta!

Faça!

Coma!

Volte!

Uma ordem tem a (clara) necessidade que se cumpra. Quando uma ordem é dada existe uma evidente necessidade que algo seja feito em qualquer hipótese ou, que algo seja feito da melhor forma possível.

Ordens só são dadas por qualquer inútil mas, só ordens de quem tem moral são.

Uma meta traçada por alguém que não tem moral, conseqüentemente não será cumprida ou, será cumprida de qualquer maneira, ao ainda, nem será concluída exatamente ao contrário do que foi pedido.

Disse Pedro: “Não tenho prata nem ouro, mas o que tenho, isto lhe dou. Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, ande”.
Atos 3:6

Quem tem moral, pode dar ordem, e prontamente será atendido.

Nós, se estamos cheios do Espírito Santo, podemos dar ordens e podemos fazer coisas que o mundo nos diz que é impossível, aliás, o próprio Cristo nos disse que poderíamos fazer muito mais do que Ele fez, bastando a nós, termos um pouquinho de fé.

A fé, por sinal, é um ordenança para podermos ter intimidade com Deus.

Sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima precisa crer que ele existe e que recompensa aqueles que o buscam.
Hebreus 11:6

Só sabe mandar que sabe obedecer, se nós não somos obedientes, como seremos líderes. Até poderemos ter um cargo importante mas, muito provavelmente, nossa liderança será um fiasco.

Paulo, grande líder apologista do primeiro século, grande apóstolo de Cristo, grande nome da igreja, antes de ser grande, foi pequenininho.

O apóstolo que mais deixou cartas na Nova Aliança, atendeu ao chamado de Deus e viveu de acordo com o que Deus planejou para sua vida.

Enquanto adoravam ao Senhor e jejuavam, disse o Espírito Santo: “Separem-me Barnabé e Saulo para a obra a que os tenho chamado”.
Assim, depois de jejuar e orar, impuseram-lhes as mãos e os enviaram.
Enviados pelo Espírito Santo, desceram a Selêucia e dali navegaram para Chipre.
Atos 13:2-4

A fé nos faz próximos, temos moral com o Pai, e claro, um filho com moral sabe o que quer, quando fala e como anda o Pai. Um filho com moral tem um relacionamento de intimidade, conhece todas as reações que o Pai terá.

Minha oração é para que você tenha moral com o Senhor e assim, tenha também moral com todos.

Pro Cyssu…

Não é tão simples assim.

bate papo

 

Certo dia eu estive conversando com um colega de trabalho. Falávamos a respeito de fé e religiões.

Ele é um camarada exótico, bem exótico. Acredita, entre outras coisas, em ufologia e, afirma que já esteve em contatos imediatos. Louco né?! Mas, é o que ele acredita, e, eu o respeito apesar de não concordar de maneira nenhuma com a afirmação dele. E, nisto, existe uma grande coincidência. Ele também discorda da minha visão religiosa veementemente.

De forma imponente, porém, respeitosa, esse colega me pediu para que eu dissesse a ele o motivo de minha fé.

Tentei falar… Tentei…

Fui interrompido pelo menos uma dúzia de vezes, ora por ele, ora por outros colegas que chegavam querendo conversar fiado com a gente.

Mesmo tendo este desafio, eu falei. Refutei alguns argumentos que ele tinha (por sinal, nenhum que trouxesse novidades) com toda a paciência que Cristo nos pede para ter.

O engraçado é que quando ele falava, repetia pra mim a mesma frase como e um piedoso herói: – Fique tranqüilo, eu não tenho o objetivo de abalar a sua fé!

Minha resposta era clara: – Você não ta passando nem perto disso!!!

Quem nos separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou angústia, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada?
Romanos 8:35

Conversando com esse colega, percebi o quanto é falho o argumento daqueles que querem nos conduzir a uma fé diferente da nossa. São palavras bonitas e muitas frases de efeito mas, com uma lógica mal planejada e até mesmo, com falácias graves que podem ser refutadas até por quem não é cristão.

A cada resposta que eu dava, percebia um desconforto enorme em nossa conversa, afinal, não é muito bom quando preparamos nossa melhor pergunta e recebemos uma resposta simples e direta.

Acredito que ele tenha percebido o quando é complicado ficar vidrado em teorias da conspiração, onde há um só interlocutor e nenhum contraponto.

Mas, o mais impressionante é que quanto mais eu falava de meu Deus, mais O amava. Quando expliquei o amor de Javé, me senti ainda mais amado por Ele.

Esta conversa, na verdade, foi muito boa pra mim. Descobri que me separar do amor de Deus, não é tão simples assim.

Mas, em todas estas coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou.
Pois estou convencido de que nem morte nem vida, nem anjos nem demônios, nem o presente nem o futuro, nem quaisquer poderes, nem altura nem profundidade, nem qualquer outra coisa na criação será capaz de nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.
Romanos 8:37-39

Obvio que um debate sobre o cristianismo deve gerar evangelismo. Um diálogo que envolva Jesus, deve sempre levar a uma reflexão sobre a importância do sacrifício do Eterno pela nossa salvação.

Mas, é importante saber que, quando se conhece bem a Jesus Cristo, mais e mais se pode notar que o amor que Ele tem por nós é maior que qualquer coisa que possa acontecer neste planeta.

Deus é amor…

Minha oração é para que você se permita ser amado por Deus. Deixe o Espírito Santo entrar em seu coração e, viva uma vida plena em Cristo!

 

Por Cyssu…