Cogitação 2 – Conselhos para um crescimento imaterial. (2ª Pe 3)

Régua

No último capítulo da segunda carta do apóstolo Pedro, o discípulo direto do Mestre faz recomendações aos crentes. Com frases pontuais, ele anima e aconselha os cristãos a respeito da volta de Cristo e, também, sobre o ato – que podemos dizer que é normativo – da vida neste mundo.

Acompanhe comigo a narrativa dos conselhos petrinos a respeito de um crescimento imaterial.

1 – Resistam a qualquer provação de fé, mesmo que digam que é absurda, esta é a verdadeira fé. (vs 3 e 4)

2 – A Palavra de Deus sempre se cumpre. Se cumpriu no passado, e, certamente, voltará a se cumprir. (v 5)

3 – Deus não está limitado ao nosso tempo. Parece demorar para a gente, mas é um piscar de olhos para Deus. (v 8)

4 – Tempo, pra Deus, é sinônimo de oportunidade de conversão. (v 10)

Este é o princípio de um crescimento.

Mas, existem outros passos.

Veja!

O desenrolar do capítulo, é uma dose dupla de incentivo e conselhos para a vida cristã. Pedro, neste encerramento da carta, é genial!

Com simplicidade, a carta discorre por temas densos com simplicidade. Como quem fala para um filho pequeno. Explicando a complexidade da vinda de Cristo.

O primeiro evento, será absurdo (v 10), é como se o apóstolo dissesse: Você estão com pressa de que? Vocês serão aniquilados! Pedro anuncia a vinda do Senhor como sendo uma hecatombe! Algo jamais visto e surpreendente tanto em relação ao momento surpresa quanto ao resultado deste evento.

A carta segue com uma instrução de modo de vida cristã (v 11b) e uma promessa fabulosa sobre o resultado deste dia na vida do crente em Cristo (v 13). Devemos nos alegrar por este dia, o dia da última etapa de nosso crescimento.

Mas, antes deste dia, em que viveremos eternamente com Jesus, Pedro nos propõe ainda outras maneiras de crescimento imaterial.

1 – Tendo a paciência do Senhor, que é a salvação (v 15);

2 – Protegendo-se de erros da imoralidade (v 16);

3 – Mantendo-se firmes na fé, confiando na promessa que nos foi relembrada a poucos instantes.

Assim, cresceremos em graça e no conhecimento de Nosso Senhor (v 16), porque é Ele quem nos torna santos. Somos dEle, e vivamos conforme os parâmetros dEle. Claro, isso não te fará um astro, mas te levará a um crescimento imaterial que é mais forte que a morte. Com Cristo, somos eternos!

Que Deus te abençoe com o crescimento imaterial, que é eterno!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s