Problemas vêm em dégradé

Degrade

Olhando para uma grande empresa, a primeira coisa que me vem em mente é uma pergunta. De onde veio esta ideia?

Grandes empresas surgem de ideias geniais que destoam do comum, mesmo que essas empresas façam algo que é corriqueiro na sociedade. Porém, essa marca se tornará referência a partir de uma grande ideia aliada a uma execução fantástica.

É, caro leitor, o mercado não é um simples golpe de sorte (por mais que eu admita que alguns que estão ai não tem a menor noção disso), o mercado é um sistema vivo que engole fracos e mitifica fortes. Ser líder ou estar próximo ao topo desse sistema é uma tarefa árdua e sem descanso. Administrar bem, neste caso é levar uma marca ao sucesso e, consequentemente manter este nome no topo por muitos anos. Isso, é tão complicado quanto chegar a liderança de mercado.

O principal objetivo da administração deve ser o de assegurar o máximo de prosperidade ao patrão e, ao mesmo tempo, o máximo de prosperidade ao empregado.

Frederick W. Taylor

Empregados felizes, empresas prósperas!

Empregados felizes, mais empenho!

Empregados felizes, empresas sólidas!

Empregados felizes, muitos problemas a menos!!!

Mesmo assim, ainda podem existir problemas…

A identificação de um problema é o ponto crucial para a solução de um problema. Pode até parecer meio óbvio, mas, muitos problemas surgem com tanta sutileza que a identificação fica complicada. Surgem com sutileza e, aos poucos ganham terreno e dimensões que podem ser incontornáveis.

Mancham aos poucos.

Falo com toda a propriedade que, um problema não tem seu start já na crise. Ao contrário, antes disso ele já se mostra e, aos poucos convive com a instituição.

O problema que não é identificado rapidamente enquanto é pequeno pode se tornar algo tão grandioso que pode levar a instituição, mesmo sendo consolidada no mercado, a ruir. O problema destrói.

Todos os grandes problemas são assim, mesmo as guerras.

Os problemas vêm em dégradé. Passa do branco e puro ao buraco negro com sutileza e constância e, se não for identificado logo no início acaba destruindo a instituição.

Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida. Provérbios 4:23

Como as grandes instituições, assim é a nossa vida. Como as grandes crises, assim são as nossas quedas.

Sabemos que não existe tamanho de pecado, mas, existe consequências por conta deles e, as consequências são drásticas. Dependendo de como foi o pecado praticado, a colheita será catastrófica. Mesmo com o perdão de Deus. O que foi plantado crescerá.

O pecado é semelhante aos problemas. Ele vem aos poucos, chega perto, aparece outra vez, se aproxima, ganha sua confiança, se torna comum, e por fim, se torna normal. Você não identifica mais o pecado.

Porém, o que torna o pecado mais temível que a crise, é que o pecado destrói o tato de nosso coração. O sentimento é dilacerado e nosso coração se torna petrificado. O pecado acaba com nosso sentimento espiritual. Você não percebe a mutação e passa a viver de maneira pecaminosa. Quem tem uma vida de pecado vive derrotado com aparência de vitória.

E, é isso que deixa o pecado tão perigoso.

Assim como os grandes problemas, os pecados também são dégradé.

Antes de se tornarem parte de seu comportamento, o pecado precisa ser natural para seu pensamento.

Não declines nem para a direita nem para a esquerda; retira o teu pé do mal.
Provérbios 4:27

O principal objetivo do pecado é nos distrair. Só isso.

Essa distração nos faz mudar de rumo. Mudar o Alvo. Esquecer por algum momento do lugar para onde estamos indo. Depois que estamos distraídos, somos atraídos para cada vez mais perto do pecado e cada vez mais longe do caminho que devemos andar.

Qualquer que comete pecado, também comete iniquidade; porque o pecado é iniquidade.
1 João 3:4

Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência.
Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte.
Tiago 1:14-15

Quando estamos muito longe de nosso Alvo, somos capturados pelo pecado. Viciados nele. Não conseguimos imaginar a vida sem ele. Não podemos fugir mais sozinhos. É a nossa crise.

Graça e paz da parte de Deus Pai e do nosso Senhor Jesus Cristo, O qual se deu a si mesmo por nossos pecados, para nos livrar do presente século mau, segundo a vontade de Deus nosso Pai, Ao qual seja dada glória para todo o sempre. Amém.
Gálatas 1:3-5

Temos uma chance. Temos Jesus para nos salvar desse caminho que parecia sem volta.

Se você está tão no fundo desse poço que não consegue pedir socorro. Se os homens não podem mais te ajudar. Se você não tem mais força para lutar. Clame a Cristo!

Se você ama o pecado. Se você entrou neste caminho. Se você acha que se perdeu. Clame a Cristo!

Clame…. Clame ao nosso Salvador, e o Leão de Judá irá te resgatar do lamaçal!!! Eu garanto que vai. E, assim, você será templo do Espírito Santo de Deus que repele todo e qualquer vestígio que o pecado possa tentar colocar em você.

Minha oração é para que você saiba identificar quando o pecado está se aproximando de sua vida. Para que você conheça as armadilhas do pecado para tentar de escravizar. Oro para que você perceba o tom dégradé que ele usa, e no primeiro sinal de mancha escura em suas vestes você consiga se limpar muito antes de estar com as vestes sujas de lama.

Oro para que nossas vestes sejam absurdamente brancas, limpas pelo sangue do Cordeiro.

Por Cyssu…

Anúncios

Tudo bem! Parabéns pela conquista mas, e o telhado, vai ficar assim?

Telhado quebrado

Em vários momentos da vida, nos tornamos vorazes em alcançar algum tipo de resultado.

Já me peguei – várias vezes – bolando planos mirabolantes para conseguir sucesso, ou pelo menos, mudança em alguma área de minha vida. Cara, como viajo nesses pensamentos.

Penso cada detalhe de como conseguir, de forma honesta, chegar no lugar que eu almejo.

Falo de todas as áreas: financeira, profissional, religiosa, familiar, interpessoal… Sério, me pego matutando ideias bem complexas para chegar em meus objetivos.

Repito, penso em ideias honestas, claro, essas são mais trabalhosas, porém, a vitória é mais saborosa.

Fala sério. Você também já se pegou criando fatos imaginários para poder, enfim, realizar sonhos. São sonhos de realização de sonhos. Que louco, né?

Bem, não vejo problema nenhum nisso, como disse acima, eu mesmo sou um viajante nato, faço esse tipo de coisa constantemente. Planejo algo que, sei que no momento, não posso seguir e fazer, mesmo assim, planejo e, sonhando acordado, realizo o que pretendia.

Mas, algumas vezes é possível realizar o sonho, e geralmente, basta que tenhamos com que dividir nosso sonho. Precisamos apenas de alguém confiável para contar nosso sonho e sermos ajudados.

Difícil mesmo é achar alguém confiável nesses dias. Mas, graças a Deus, essas pessoas ainda existem.

Teve José um sonho, que contou a seus irmãos; por isso o odiaram ainda mais.
Gênesis 37:5

Saber a quem contar aquilo que está no fundo de nosso coração é bem importante. Devemos ter um bom discernimento de quem será a pessoa que escutará nosso anseio.

Ser parente não importa.

Não deixes o teu amigo, nem o amigo de teu pai; nem entres na casa de teu irmão no dia da tua adversidade; melhor é o vizinho perto do que o irmão longe.
Provérbios 27:10

Um amigo é muito importante para ouvir e até mesmo, nos orientar na hora de tomar uma decisão importante.

Algumas decisões podem mudar nossa vida completamente e se essas decisões são compartilhadas podem nos dar um direcionamento que, por hora, não estamos conseguindo observar.

Se tem amigos, pede ser que seu trajeto até sua vitória será bem mais simples, ou, até mesmo facilitado.

E, não achando por onde o pudessem levar, por causa da multidão, subiram ao telhado, e por entre as telhas o baixaram com a cama, até ao meio, diante de Jesus.
Lucas 5:19

Este texto é bem conhecido e, Jesus observa a fé dos amigos que levaram o rapaz até a Ele. Cristo perdoa os pecados do moço, os fariseus tem maus pensamentos, e Jesus, conhecendo o que eles pensavam, faz aquilo que o paralítico almejava. O milagre!

Certamente o sonho do paralítico foi alcançado por conta dos amigos que ele tinha. Os amigos desse homem o levaram até a realização daquilo que ele mais almejava em sua vida.

Eles subiram no telhado, abriram um buraco, desceram o rapaz e ele foi curado. Aleluia!

Parece que eu posso ver a alegria de todos que estavam naquela casa.

Mas, espera um pouco.

E o dono da casa?

Conjecturando, posso também imaginar ele chegando bem perto do ex paralítico e perguntando:

“Tá feliz? Tudo bem! Parabéns pela conquista mas, e o telhado, vai ficar assim?

Você faz um esforço gigante para conseguir a sua conquista e agora vai deixar o telhado dos outros todo arrebentado?“

Saiba que o esforço que você dedicou para receber a bênção deve ser o mesmo para abençoar.

Você precisou abrir um buraco para conquistar sua vitória. Feche-o, e, de preferência, faça imediatamente.

Esse rombo no terraço foi aberto e o dono da casa não se importou, a bíblia não menciona o questionamento – que seria justo – do dono do imóvel. A bíblia simplesmente diz que os amigos fizeram o que foi possível para que o homem paralítico fosse abençoado.

Não deixe os que te ajudaram de fora de sua bênção.

Tape o buraco do telhado e mostre gratidão por ter podido fazer uma abertura que serviu de atalho para seu milagre.

Deus coloca pessoas em nossas vidas para poder nos oportunizar o milagre de Cristo. O próprio Espírito Santo de Deus nos conduz até estes indivíduos e nós podemos então nos aproximar mais e mais do lugar onde vamos encontrar nossa vitória.

Se o dono de alguma casa deixou você abrir o telhado para encontrar a sua vitória. Agradeça, conserte o estrago e abençoe aquele lar.

Minha oração é para que você sonhe e encontre pessoas que você possa contar seus sonhos, pessoas que possam lhe permitam abrir buracos em seus telhados e que você saiba recompensar a cada uma por serem tão generosas com sua vida.

Por Cyssu…