Lembra de Jó?

Engraving of  by Dore, 1866

Como tem gente mal agradecida em nossa volta.

Sabe, reconhecer que fomos ajudados de alguma forma é um bom sinal de caráter. Saber que uma ajuda foi útil é reconhecer que sem aquela força, talvez, não conseguiríamos completar a jornada que nos foi colocada.

Olha, posso até me atrever a dizer que, mesmo que uma ajuda seja pouco eficiente, ela será sempre uma ajuda. Não concordo com a frese que afirma que muito ajuda aquele que não atrapalha, afinal, se estivermos levando tijolos, o fato de alguém olhar não é mais útil do que o fato de alguém levar apenas 1.

Mesmo sabendo que, volta e meia, a ajuda é desnecessária, e que muitas vezes queremos fazer as coisas sozinhos, penso que, sem ajuda, nossos passos ainda estariam muito atrasados. Sem as ajudas que nos foram dadas, nossas vidas estariam estagnadas em problemas que nos soam complicados mas, que para algumas pessoas, são tão simples como beber água.

A ajuda é exatamente isso, é quando alguém consegue fazer com que nosso trabalho fique bem mais simples.

Quero deixar claro que não falo de conselhos, alguns conselhos são bem ridículos. Tem conselho que não serve pra nada. O que, definitivamente o faz bem diferente de uma ajuda ou até mesmo de uma ajudinha de nada.

Realmente, existe uma diferença entre os maus conselhos e as pizzas de segunda classe. E, a diferença está no fato de que, pizzas ruins, as vezes nós ainda precisamos pedir, agora maus conselhos, não devemos pedir nunca.

Mas, ao contrário desse conselhos fajutos, uma ajudinha sempre é bem vinda.

Dediquem-se à oração, estejam alertas e sejam agradecidos.
Colossenses 4:2

Agradecer, é algo nobre. Glorificar é algo saudável!

Lembra de Jó? Lembra do que ele falou?

– Deus me deu e Deus retirou, louvado seja o nome do Senhor!

Essa é uma frase de agradecimento a Deus por tudo o quanto ele tinha feito pela vida de Jó no passado. Mesmo arruinado e depois de uma avalanche de problemas que vieram de repente e em sequência, este homem pode agradecer ao nosso Deus pelos bons anos que havia vivido até ali. Ele agradeceu! Jó, em meio ao caos e vendo toda sua história arruinada de uma hora para outra, se retirou do meio das pessoas e simplesmente, pegou um caco para se coçar.

Foi um turbilhão que passou pela vida deste homem, porém quem é dedicado em oração, não tem tempo para reclamar, afinal, sabe que Deus está no controle de todas as coisas.

Orar, observar e agradecer. Deus tem a fórmula. E, de certo, é Ele quem te ajuda nas horas difíceis.

Aliás, sempre que penso sobre horas difíceis, eu me lembro de Davi.

Pensa num camarada que passou aperto na vida. Pensa em um homem que viveu vendo pessoas morrerem diante de seu nariz. Imagine uma pessoa que mesmo sendo rei e  com um reinado próspero, observou de perto o caos familiar. Pense em um homem que sabe o que é uma vida de pouco descanso. Pois este homem foi o grande rei de Israel Davi.

Davi em seus salmos nunca deixava de orar ao Senhor Deus de Israel, nem deixava de confiar na força de Javé, e muito menos, Davi deixava de estar agradecido pela vitória que nem mesmo havia recebido.

Davi orava, vigiava e agradecia sempre.

Mas, estranhamente, existe aquele que não tem a menor intenção de ajudar, tem gente que prefere atrapalhar.

Sambalate e Gesém mandaram-me a seguinte mensagem: “Venha, vamos nos encontrar num dos povoados da planície de Ono”. Eles, contudo, estavam tramando fazer-me mal;
por isso enviei-lhes mensageiros com esta resposta: “Estou executando um grande projeto e não posso descer. Por que parar a obra para ir encontrar-me com vocês? ”
Neemias 6:2-3

Reconhecer uma ajuda é necessário na mesma medida que agradecer pelo esforço que nos foi cedido em algum momento de nossa caminhada da vida. O reconhecimento destas atitudes que foram feitas par anos ajudar é um bom pagamento a um favor assim como é também uma boa forma de demonstrar que aquele que nos ajudou foi importante nesta etapa.

Agora, reconhecer quem ajuda é tão bom quanto reconhecer quem quer nos atrapalhar.

Em nossa caminhada, algumas pessoas vão querer simplesmente atrapalhar. Elas vão querer nos parar por algum motivo.

Pode ser o medo de perder um lugar no trabalho, pode ser o medo de perder um mistério eclesiástico, pode até ser por querer nos ver derrotados por pura antipatia de nossa cara. Mas, o fato é que nem sempre pessoas se levantarão para nos ajudar e, devemos saber quem são essas pessoas. Não pelo prazer da vingança mas, para andarmos cautelosos e nunca permitir que nosso trilhar seja impedido.

Aliás, impedir nossa caminha é a arma mais poderosa de nosso adversário, nosso inimigo sempre tentará nos impedir de caminhar em direção ao alvo.

Então, devemos estar sempre alertas para com as pessoas que se aproximam de nós. As vezes, quem se aproxima dizendo querer ajudar, pode estar sendo usado por nosso adversário para poder nos parar.

Podemos, sem ter quem pensar muito, enumerar diversas situações onde uma ajuda pode, na verdade, ser um laço. Uma armadilha contra nós. E, ainda neste mesmo tema, jamais sejamos nós os instrumentos usados para travar a caminhada de nossos irmão.

Por exemplo, você que é marido, jamais fique sozinho com uma mulher dentro de um ambiente fechado. Rapazes e moças, não entrem em relacionamento onde há julgo desigual, crianças, obedeçam seus pais e honrem-nos. Esposas, sejam doces em casa. Amigos, tenham sempre palavras de sabedoria para dar, trabalhadores, trabalhem para honrar a Deus. Crentes, sejam exemplo de Cristo.

Como já dissemos, a sequência é orar, estar alerta e ficar agradecido. Assim como Jó e assim como Jabez.

Jabez orou ao Deus de Israel: “Ah, abençoa-me e aumenta as minhas terras! Que a tua mão esteja comigo, guardando-me de males e livrando-me de dores”. E Deus atendeu ao seu pedido.
1 Crônicas 4:10

Disso tudo que falamos, claro, nunca devemos esquecer de agradecer a nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo que, mesmo que não nos desse mais nada nesta nossa vida, já teria feito muito mais que o suficiente por ter morrido para nos dar a vida eterna. Vamos sempre agradecer ao nosso Deus por todas as coisas que ele tem feito por nossa vida.

Vamos agradecer de verdade, com o coração aberto. Agradecer nos detalhes, assim como fazemos quando estamos pedindo algo.

Vamos agradecer sempre!

Minha oração é para que reconheçamos o verdadeiro propósito de orar. Para que saibamos vigiar. E para que não esqueçamos de agradecer.

Por Cyssu…

Anúncios

5 comentários sobre “Lembra de Jó?

  1. o que seria de nós sem as ajudas que Deus nos manda?… As vezes uma palavra, um telefonema de um amigo, um carinho de quem amamos….. isso tudo é a graça de Deus!!! Ele SEMPRE manda uma “ajudinha” pra nós!!!
    Ótimo texto, amor!!! (como sempre!!! hehehhe)

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s