Você sabe nadar?

Os soldados resolveram matar os presos para impedir que algum deles fugisse, jogando-se ao mar.

Mas o centurião queria poupar a vida de Paulo e os impediu de executar o plano. Então ordenou aos que sabiam nadar que se lançassem primeiro ao mar em direção à terra.
Atos 27:42-43

 

Você sabe nadar?

Quando analisamos a Palavra de Deus, vemos que em muitos momentos, geralmente em momentos de dificuldades, nós encontramos esse problemas associados às palavras DESERTO ou TEMPESTADE. E muitos desses textos bíblicos, nos falam de mar e narram as histórias de grandes personagens como Noé, Moisés, Jonas, Pedro, entre tantos outros.

Em nosso texto base, vemos uma tempestade diferente, vemos uma tempestade que livra Paulo de um problema sério. O que parece catastrófico, Deus envia para salvar.

Muitos são os mares tempestuosos que enfrentamos, mas, por vezes, a tempestade é livramento, e pra sairmos com a vitória, temos que fazer a nossa parte, temos que saber nadar!

Nesta passagem, Paulo se vê prisioneiro e enfrentando uma tempestade. Deus, manda um recado para Paulo, dizendo que a tempestade não vai passar, e avisa que o barco vai afundar, porém o Pai avisa que ninguém iria morrer.

Caso você não morra antes da tempestade, neste caso, afogado em sua prepotência, arrogância, autoconfiança ou falta de fé, você pode optar por 3 tipos de nado:

 

O nado do Machado sem cabo – Neste estilo, o nadador no máximo vira uma lenda! Ele cai na água e nunca mais é visto. A tempestade o engole sem dar a menor chance.

 

O nado de costas – Aqui o nadador nada, ele sabe nadar bem e, até nada com estilo, mas, não vê para onde está indo, esse crente vai para igreja, participa do louvor, ouve a palavra, mas, não entende nada do que Deus está falando. Pra ele, se Deus não der o direcionamento que ele quer, não é revelação de Deus, não é o objetivo a ser alcançado. É o crente que sempre está esperando um: Eis que vos digo…

Ele olha para frente mas, olha para trás.

O nado de peito – Aqui o nadador vê seu objetivo, mas, não sabe como fazer para chegar mais rápido, as vezes, o cansaço o faz desistir. Esse crente sabe o que tem que fazer, mas, não consegue chegar ao objetivo que Deus traçou para vida dele. Esse tipo de nado até o ajudou enquanto ele estava na piscina, enquanto estava tudo bem mas, quando veio a tormenta e ele ouviu Deus dar um direcionamento em meio a uma tempestade,o nadador viu que não treinou direito e esperou que o objetivo traçado por Deus venha até ele.

Não orou, não jejuou, não fez nada, e, no final, murmurou.

O nado crawl – Aqui o nadador vai com total confiança e objetivo, é rápido. Sabe da dificuldade mas, sabe que tem capacidade de enfrentar o problema.

Esse é Paulo.

O camarada está passando por um problema que parece não ter fim, uma luta que não acaba, mas, sabe que a vitória vem de Deus.

Então, vendo que o pior não passou, e vendo que o livramento vem de uma forma inesperada, esse irmão, treina e treina muito. Ele jejua, ora, medita na palavra e sabe que quando for necessário saber nadar rápido para um porto seguro, ele sabe como fazer.

Esse irmão sabe reconhecer a voz de Deus, sabe quando Deus fala com ele e confia que a Palavra do Pai é digna da mais pura confiança. Ele sabe que a esperança anunciada por Jesus Cristo é verdadeira e assim, aprende a nadar pois confia que o direcionamento de Deus é o mais correto a se seguir.

 Mas agora recomendo-lhes que tenham coragem, pois nenhum de vocês perderá a vida; apenas o navio será destruído.

Pois ontem à noite apareceu-me um anjo do Deus a quem pertenço e a quem adoro, dizendo-me:

‘Paulo, não tenha medo. É preciso que você compareça perante César; Deus, por sua graça, deu-lhe as vidas de todos os que estão navegando com você’.

Assim, tenham ânimo, senhores! Creio em Deus que acontecerá do modo como me foi dito.

Devemos ser arrastados para alguma ilha”.
Atos 27:22-26

As vezes irmãos, a tempestade é o próprio livramento e pode ser que seja a única forma de livramento. São elas que vão acabar com aquela luta, uma tormenta pode ser exatamente o que você precisa para escapar de uma tribulação.

Há momentos de nossa caminhada que uma tempestade é necessária, mas, Deus precisa que você saiba nadar, para ele poder afundar os inimigos que te aprisionam.

Sempre vai caber a nós, saber nadar!

Minha oração é para que vocês saibam nadar.  Que você treine e esteja pronto para enfrentar as tempestades sabendo que Deus pode confiar em vocês.

Por Cyssu…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s