Já olhou pra cima hoje?

Já olhou pra cima hoje? O que você viu?

Os céus declaram a glória de Deus; o firmamento proclama a obra das suas mãos.
Salmos 19:1

Já olhou pra cima hoje?

O que você viu?

Como pode ser tão grande?

Que fantástico!

O universo é maravilhoso, todos os dias somos pegos por descobertas incríveis e informações que nos surpreendem. Tão gigantesco e tão detalhado.

Mas, em minha meditação, o que achei mais incrível não foi o tamanho desse universo. Foi saber a importância dele.

Toda grande obra está assinada, quem a cria deixa uma marca, deixa suas características para que todos que a observem reconheçam que aquilo é fruto do trabalho de um autor específico.

Isso acontece em todas as áreas. Na literatura, na arquitetura, design, pinturas… É sempre assim, o autor exalta suas características, expões seus traços e divulga em sua obra toda sua personalidade. Sua criação é fruto do seu desejo, o formato da criação, é fruto de sua imaginação.

O desejo de quem cria algo é a admiração. É prazeroso para o “artista”, que sua obra seja vista, comentada, ovacionada e desejada. Uma boa obra é criada simplesmente para ser contemplada.

De acordo com o argumento cosmológico kalam, tudo o que existe, foi criado.

1. O que começa a existir tem uma causa.

2. O universo começou a existir.

3. Logo, o universo tem uma causa.

Antes de nascerem os montes e de criares a terra e o mundo, de eternidade a eternidade tu és Deus.
Salmos 90:2

Agora, imagine a criação do universo. Então, essa criação não é tão importante quanto à criação do ser humano. Nós somos aquilo que Deus achou muito bom, nós somos especiais para Deus.

E, claro, para uma obra considerada tão especial, é necessária uma assinatura orgulhosa. A rubrica de Deus para criação do homem é a criação do universo.

Somos uma obra diferente das outras. Somos obras e contemplamos uma assinatura fora do comum, observamos a nós mesmos quando vemos, olhando para cima, o tamanho da Glória de Deus.

Porque Deus nos escolheu nele antes da criação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis em sua presença.
Em amor nos predestinou para sermos adotados como filhos por meio de Jesus Cristo, conforme o bom propósito da sua vontade,
para o louvor da sua gloriosa graça, a qual nos deu gratuitamente no Amado.
Efésios 1:4-6

Não sou produto do acaso. Quando não vejo em mim nada que me remeta ao Criador, olho pra cima e observo Sua assinatura, e lembro que por mais que o universo seja maravilhoso, somente nós somos considerados obra prima de Deus.

Por Cyssu…

Saiba mais sobre o argumento cosmológico kalam em: http://www.monergismo.com/textos/apologetica/Argumento_Cosmologico_Kalam_Isaias.pdf

http://www.apologia.com.br/?p=65


Anúncios

Um comentário sobre “Já olhou pra cima hoje?

  1. Fala Pantaleão! O silogismo desse tal argumento comsológico Kalam é impecável. Sim, os céus proclamam a glória de Deus, o firmamento anuncia a obra das Suas mãos… e as ondas coroam a sua perfeição! Abraços, siga firme combatendo o bom combate!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s